(...)


"...e que eu entendo o que e se sentir a menor e a mais insignificante das criaturas do mundo,e isso faz você sentir dores em lugares do corpo que você nem sabia que existia e não importa quantos penteados você fizer , ou academias que freqüentar ou quantas taças de vinho você tomar com os amigos você ainda vai pra cama toda noite pensando em cada detalhe , imaginando o que fez de errado , como pode ter interpretado mal , e como foi que por um breve momento você poderia ser tão feliz , as vezes você consegue ate se convencer ,de que ela num passe de mágica vira a sua porta , e depois de tudo isso vai demorar o tempo que tem que demorar , você vai pra um lugar novo , vai conhecer pessoas novas que fazem você se valorizar , e pedacinhos da sua alma vão finalmente voltar , e aquela época turva os anos ou ate a vida em que levo vão finalmente se esvair pelo ar ... "

Devidos Créditos à "Red Fox".


Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger